RSS

10 de Maio de 2010

Rochas magmáticas

As rochas magmáticas, ou ígneas, são originadas através materiais em estado de fusão que se solidificam por resfriamento, entre eles os minerais feldspatos, os óxidos metálicos, os minerais silicatos ferro-magnesianos, etc.


Tipos de rochas magmáticas:

Rochas magmáticas intrusivas ou plutónicas: como se formam no interior da crosta, são rochas que arrefecem lentamente. O granito é um exemplo, possuindo cristais bem visíveis. Esta rocha é constituída por três minerais: feldspato, mica e quartzo.


Rochas magmáticas extrusivas ou vulcânicas:formam-se na superfície do planeta e o seu arrefecimento é rápido. Uma destas rochas é o basalto, este apresenta uma cor escura, é compacto e muito duro.





Textura

A textura das rochas depende, essencialmente, do modo como ocorreu o arrefecimento do magma que está na sua origem. Assim, podem-se distinguir dois tipos de textura:


Textura granular ou fanerítica - Os diferentes cristais da rocha são visíveis macroscopicamente. Característica de rochas plutónicas, com arrefecimento lento do magma (granito, gabro e diorito).

Textura agranular ou afanítica - A rocha é formada, por cristais tão pequenos que não se distinguem uns dos outros macroscopicamente. Característica de rochas vulcânicas, com arrefecimento rápido do magma (basalto, riólito, andesito).


Cor

A cor da rocha está relacionada com a abundância relativa de minerais que constituem a rocha. Minerais como o quartzo ou os feldspatos potássicos, onde predominam a sílica e o alumínio, apresentam cor clara, enquanto que os minerais como a biotite ou a olivina, com elevado teor de ferro e magnésio, apresentam uma cor escura.

Rochas leucocratas - apresentam cor clara, devido à predominância de minerais claros (minerais félsicos - sílica e alumínio), como por exemplo, o granito.

Rochas melanocratas
- apresentam cor escura, devido à predominância de minerais escuros (minerais máficos - ferro e magnésio), como por exemplo, o gabro.

Rochas mesocratas
- apresentam cor intermédia sem predominância de qualquer um dos diferentes tipos de minerais, como é o caso do diorito.



Composição química e mineralógica

A caracterização das rochas é feita, sobretudo, atendendo à sua percentagem em sílica.



Reflexão:

As rochas magmáticas são agregados naturais, coerentes, de vários minerais , os quais conservam individualmente as suas propriedades, e que resultam da consolidação de magmas.
Estas podem ser classificadas de acordo com a sua composição química, a sua forma estrutural, ou a sua textura, sendo mais comum classificá-las de acordo com os processos da sua formação


www.infoescola.com/

2 comentários:

Anónimo disse...

muito bom ! parabéns !

Anónimo disse...

esqueceram se de meter o arrefecimnto

Enviar um comentário